sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

ENTÃO É NATAL.... IN IRELAND (PALAVRAS NATALINAS)

Caramba!!!!!!
Já é dezembro, já é Natal e semana que vem!!!



Esse vai ser meu primeiro Natal sem minha família. Nós nunca passamos juntos, não comemoramos, mas aos domingos vem gente de todos os lugares só para almoçar juntos, tirar fotinhas e conhecer novos membros. Incrível como minha família cresceu. 

Mais a questão é: Que palavras usamos em inglês para coisas de natal?
Confesso que errei tanto querendo traduzir papai noel que estou com saudade de ouvir isso ao invés de SANTA ou SANTA CLAUS. Ou se eu quiser desejar um bom natal, não posso falar Happy Christmas e sim Merry Christmas

Outras palavrinhas que mudam totalmente o sentido são:

AS COISAS QUE GOSTO NA IRLANDA

Canais e Rios


Ah post fácil. É impossível você vir para cá e não se apaixonar a primeira vista. Pode acontecer de enjoar, achar sem graça depois por estar aqui a bastante tempo mais de primeira, você gosta.

sábado, 6 de dezembro de 2014

OLÁ MEUS 6 MESES DE IRLANDA


... Por isso hoje eu acordei
Com uma vontade danada

De mandar flores ao delegado

De bater na porta do vizinho

E desejar bom dia
De beijar o português
Da padaria...
Zeca Baleiro




Sim, hoje acordei com aquele sorriso no rosto, não só por sábado, não só porque vou ver meu namorado hoje, mais porque completei 6 meses aqui. Meu!!! O tempo voa. 

Lembrei de quando cheguei aqui. Cansada da viajem, mas extasiada por ter finalmente chegado ao lugar que planejei estar um ano atrás. Primeiros meses de alegria, de medo, de tristeza, de amor, de lágrimas, de estudo, de conhecimento, de amizades, de cumplicidade, de reencontro consigo mesmo, de força, de fé.

Acho que nunca passei tantas emoções assim em tão pouco tempo. 

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

VERDADES E MENTIRAS SOBRE A IRLANDA (EUROPA EM GERAL)




É normal as pessoas terem a curiosidade sobre outras nacionalidades, assim como é normal em conversas entre amigos ou até mesmo pessoal do Brasil fazer perguntas sobre algumas coisas sobre os europeus e no meu caso como moro na irlanda, me perguntarem sobre os irlandeses.  Então decidi colocar algumas coisas aqui no blog sobre os assuntos mais comentados e perguntados. 

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

AS COISAS QUE NÃO GOSTO NA IRLANDA

Vira e mexe tem pessoas me perguntando pontos negativos e positivos sobre a irlanda. Vou começar pelo negativo porque adoro falar mal. hahaha. Brincadeira. Para fazer esse post precisei pensar muito. Eu  porque adoro a Irlanda

1 - PUBS FECHAR AS 3 A.M

Isso foi a primeira coisa que não gostei. Muitos falam primeiro do frio (o que não saí da lista) mais quando cheguei, tive um verão muito gostoso, então ele vem depois. 
O mal de fechar cedo as baladas é que você não aproveita da forma devida. Em Sampa eu ficava até 6 ou 7 da manhã. E aqui como no Brasil a coisa melhora só depois da meia noite. Isso é bad. I don't like....

HOJE O DIA AMANHECEU NUBLADO


Sabe aqueles dias que você acorda insatisfeito com a vida, sentindo incompleto e só quer voltar a dormir?
Fui eu hoje.




É uma sensação um tanto ruim por tudo que venho passando, não só no trabalho, no namoro, na vida. Você está realizada por estar aqui mais não vê motivos de alegria pelos dias que se passam. É como um dia em branco que termina em branco. Seu livro não foi escrito.


Eu tentei. Tentei SORRIR verdadeiramente. Tentei olhar no fundo dos olhos de alguém e encontrar a ESPERANÇA. Tentei dizer palavras boas aos meus colegas de classe e não reclamar na nada. Tentei falar dos problemas com aquela coisinha chamada AUTO ESTIMA.
Tentei não pensei negativo para não atrair forças negativas. Tentei sorrir como se tudo tivesse perfeito com o bebê me deu um good bye, e quando a menina disse eu te amo em português. Tentei sentir paz ao fazer minha oração antes de dormir. Tentei apenas AGRADECER sem pedir nada em troca, nem pelo MUDANÇA da insatisfação.


E então eu consegui.
Tentei e consegui.


E assim a vida segue. Dias melhores virão com CERTEZA!
Só a fase bad provando que sou mais forte a cada dia.

ARE YOU OK?
....

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

SEGUNDA E TERCEIRA SEMANA DE AUPAIR

Demorei mais escrevi.

Com duas semanas de atraso, vamos falar sobre essas duas semanas ae, porque aconteceu muita coisa e quero falar para ficarem espertas.


Tive problemas com essa família. Dois grandíssimos que não estava no plano e que foi pura falta de sorte minha ou dedinho podre.
Na primeira semana, logo na segunda-feira aconteceu um fato do dia a dia. A menina não queria comer e eu apenas digo APENAS falei para ela comer 10 colheres. Ela tem um medo do pai tão grande que quando a mãe ligou ela achou que era o pai e começou a chorar. :P
Disse pra mãe que estava triste com saudade e blá blá; Em polonês.
Por causa disso, o pai mandou um amigo ver se estava tudo bem (ver se eu não estava matando as crianças) e 3 p.m estava em casa. 
Isso! Voltou pra casa me deu chá de cadeira conversando a menina. 5:30 mais ou menos veio conversar comigo. Perguntou minha versão sobre o dia e depois de ouvir falou que eu não tinha paciência e que não era feita para esse trabalho. Perguntou se eu gritei ou bati... Que ia conversar com a esposa para ver se eu continuava. 



Olha, esse dia foi tenso. Chorei de raiva. Desci depois e ele me pediu para pegar uma calça para o bebê. Fiz (já tinha acabado meu horário de trabalho) e o menino me chamou pra brincar. Fui numa boa, sério. Depois quando fui jantar ele estava na sala e pediu 2 minutos. Era outra pessoa. Disse que esquece que a filha está crescendo, que ela pode mentir e blá blá blá. E que não era para eu ficar preocupada. Perguntou o que eu achava. Apenas disse: Foi desnecessário você voltar para casa. Criança sempre chora e eu não bati e nunca gritei. Na verdade eu queria ter dito outras coisas. Mais preferi respirar.

Depois disso a semana foi tranquila. Apesar de não ter paz depois do trabalho. 

O outro acontecimento foi no domingo quando eu inocente (nesse caso eu também sou) quis dormir na minha antiga casa por ser mais perto da minha escola e então eu não precisaria voltar ao fim do mundo onde moro (D15). Poxa ia me economizar tempo demais. Mandei mensagem falando isso e que 11:40 estaria no ponto como combinado para pegar o menino. O que ele fez?
Falou que esse não era o combinado. Ok. Falei que não estava no horário de trabalho. Poxa era domingo. Posso dormir onde eu quiser. Não ia trabalhar de manhã. Depois do que falei ele virou outra pessoa. Falou que ia deixar as crianças com o amigo e que eu podia voltar 7 da noite. What again?????
Tentei falar pra ele que ok, voltaria no mesmo dia e não adiantou. Nem falar que eu não tinha onde ficar.

ONDE VOCÊ VIU ISSO, NÃO VOLTAR PARA SUA CASA?
MELHOR! NÃO TER A CHAVE. É ele não dá.

Esse foi o pior, comecei a procurar outra família porque não vim aqui pra isso. Sei que preciso de dinheiro para me manter aqui, que meu inglês não é bom, mais eu mereço o melhor. Tenho sorte de ter amigos maravilhosos que me ouviram, me acolheram e arranjaram entrevista pra mim. 

Hoje depois disso está tudo bem tirando a chatice dele que vou falar em outro post para quem estiver procurando vagas para Aupair ficar de olho. Não somos empregadas 24 horas e não somos escravas.

Fica aqui meu desabafo. 

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

PRIMEIRA SEMANA COMO AUPAIR

Hi guys.


Desculpa a demora de postar aqui, esses dias só deu vontade de deitar e assistir filme em português porque é a primeira vez que passo o dia inteiro com inglês no meu ouvido. Fiquei com uma dor de cabeça terrível. Mais enfim né, tá querendo...

Primeiramente: VOCÊ TEM QUE ESTAR PREPARADA PARA SER AU PAIR. NÃO É EASY!

Vai achando que é só cuidar de criança e fazer limpeza light que está tudo lindo. Você precisa saber que morar ou conviver com outra família é lidar com situações que você não está acostumado, principalmente por ser outra nacionalidade. É saber que talvez você vai ter que lidar mais com os pais do que com os filhos, ou talvez lidar mais com os filhos do que com os pais. OK, Deixei a introdução.

Me mudei na segunda-feira a noite. Antes de arrumar minhas coisas conversamos novamente (aqui quem manda e desmanda é o pai, então lido com ele diretamente sobre tudo), conversa amigável, as crianças estavam dormindo então acabei vendo eles só na manhã seguinte. Para minha surpresa o pai não foi trabalhar, então passou o dia inteiro (DIGO E REPITO: DIA INTEIRO) no meu ouvido explicando cada detalhe minucioso de como funcionava a casa e as regras das crianças. Comecei as 11 a.m com o café da manhã. Omelete, torradas e cereal para a G. de 5 anos e uvas para N. 1 ano. Depois organizei a sala de brinquedos, dei uma leve limpada nas prateleiras e brinquei com eles afim de me enturmar. O que não foi difícil. Eles são amigáveis e sem frescura. Depois o almoço (batatas fritas e coxinha de galinha) o pai foi me ensinar a troca de lixo porque é tudo separado, temperatura da casa, limpeza light que tenho que fazer (colocar louça na dishwasher, passar aspirador no carpete e varrer a cozinha). Tem outros detalhes mais não é necessário falar tudo aqui. O dia a dia aqui é simples mesmo com tanta regra a cumprir terminei as 7 p.m cansadíssimaaaa. Uma porque estava com dor de cabeça por causa do inglês. Muita coisa eu entendi pelo contexto, não por palavras... Outra porque fiz muita coisa e o corpo pedia cama. Antes da 7 ele me mostrou como dar banho neles, porque eles tem alguma coisa na pele, não me perguntem o que... e tem todo um cuidado com cremes e tals. 

Terminando meu dia eu vou para o meu quarto e adeus Aupair... quero ficar na minha mais eles não me esquecem. :(

Em resumo dos outros 4 dias (quarta, quinta,sexta e sábado... é trabalho aos sábados), a mãe folga 3 dias por semana, então ela quer ficar com as crianças, eu praticamente sou só a base, ajudo com comida, roupa, atenção ao pequeno quando ela não está por perto, essas coisas. O que não gosto muito porque muitas vezes fico sem fazer nada. Aos sábados o pai joga bola das 11 as 13. Foi um bom sábado comparado com os outros dias. Ele elogiou, até conversamos um pouco após meu trabalho, sobre musica, dança, esporte... só pra não dizer que eu queria era sair para a minha liberdade (bus). 

PONTOS POSITIVOS:
- Eles sabia que meu inglês não era bom o suficiente, e mesmo assim isso não foi um grande problema. Conseguimos nos comunicar em várias ocasiões. 
- As crianças são muito de boa. A G. as vezes faz pirraça mais levo numa boa. O N. ficou doente esses dias e nem por isso ficou chato. Chorou bastante mais é só dar um brinquedo diferente e brincar com ele que fica tudo zen. 
- Aqui eu não compro nada de comer. Até shampoo eles querem comprar. Fui no mercado sexta porque queria doces e acabei comprando pão por 0,69 cents O.o. O pai viu e falou que ele compra e o que eu quiser é para anotar em um papel e dar pra ele. Ok né...


PONTO NEGATIVOS
- Não sei se família irlandesa é melhor, mais essa tem muitaaaaaa regra imposta pelo pai que acaba sendo massante. (Polonesa X Africano). Não ligo para as regras. Ligo de o pai encher meu ouvido com a mesma ladainha de sempre. 
- O pai é bipolar. Um dia tá tudo lindo, um dia eu tenho que melhorar, um dia foi um bom trabalho, um dia nothing... Vai entender...
- Eles me chamam muito depois do meu trabalho. Tipo: depois do horário eu quero é ficar no quarto conversar com meus amigos (porque já não trabalho com meu celular), ver besteira no facebook e dormir. Não, tem que bater na porta e falar do outro dia, falar o que eu fiz de bom, falar alguma coisa. Eu seriamente odeio tanto que escrevi pra ele um texto do que eu gosto e do que eu não gosto. Sério. Escrevi lá: não é porque eu moro aqui eu tenho que ficar 24 horas com vocês. Eu vou assistir um filme com vocês, vou jantar com vocês, vamos conversar mais naturalmente, não forçado e não todo dia. Fim... Espero que melhore.

Bom o texto ficou extenso. Tem mais coisas por debaixo de tudo que eu disse mais espero que dê para entender que ser Aupair não é coisa a toa. É uma coisa séria que precisa de muita sorte para ganhar uma família boa de verdade.

É isso, volto com mais post falando sobre isso e sobre a segunda semana. Ficando sozinha com as crinaças e um telefone toda hora tocando....






segunda-feira, 27 de outubro de 2014

PENNEY'S - O PERIGO TEM NOME







Quem nunca falou: Só vou comprar tal coisa. E no fim saiu com uma sacola imensa e dinheiro a menos na conta?

Sim, alguns controláveis talvez. Mais para as mulheres... difícil resistir.
A Penney's pode ser comparada a um Torra Torra e lojas da 25 de março. Nem todos os produtos são 100% ótimos, mais em compensação para quem ganha em euro aqui e mesmo as vezes transformando em reais acaba sendo mais barato sim.


E de alguma forma acaba sendo uma forma de mudar o guarda-roupa anytime.
O mês de outubro para mim foi de compras. Juntando tudo dá um 100 euros só em Penney's. Me dei essa felicidade porque eu mereço e por causa do novo job. Mais se não tomar cuidado o dinheiro vai todo pra lá.

Enfim, é a loja mais escolhida por todos aqui. Não tem outra loja que venda roupas baratíssimas, a não ser os bazar (que vende muita roupa usada em ótimo estado) ou outra que desconheço. Ah, vende de tudo, roupas (femininas, masculinas e infantil), calçados, cosméticos, bijuterias e utilidades em geral.

É isso, boas compras e se não quer gastar muito vá sem cartão, just cash!

See you.


terça-feira, 21 de outubro de 2014

ENTREVISTAS PARA AUPAIR



Não se pode dizer, só se pode adular o líder.

É bem assim...

E como convencer a família que você não é uma vigarista, mentirosa que não vai matar os filhos deles???

Nos meus dois meses de procura por Aupair part time (por causa da escola), eu fiz algumas entrevistas e entre uma dessas foi via skype. 

Não é nenhum bicho de sete cabeças...

MENTIRA! É sim, ainda mais para quem não tem um bom inglês o que é considerado importantíssimo já que você precisa se comunicar diariamente com a família e as crianças. Mais precisamos de um emprego né? E melhorar nosso inglês trabalhando de Aupair é uma oportunidade muito boa. 

As primeiras perguntas são:

domingo, 19 de outubro de 2014

ANSIEDADE QUE ME DESCREVE

Já que se há de escrever... que ao menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas.
Clarice Lispector


Hoje, depois de um domingo gostoso (não de temperatura) haha, eu não consigo estudar.
Talvez seja essa minha ansiedade mil para o novo trabalho (sim, consegui, YES), ou esses dias que tem me deixado muito pensativa.
Também pode ser esse outono de mais dias sozinha para pensar na vida.

Sei que isso existe em qualquer lugar do planeta, mais um intercâmbio te faz refletir muitas coisas que perguntas ficariam sem respostas nesse momento. Eu tenho muito a ganhar e muito a perder, essa é uma das leis da vida, mais hoje em dia eu estou mais pensando no que é melhor para mim agora do que será no futuro. E o meu agora é aqui.

Antes de voar para cá, eu não sabia quanto tempo ficaria aqui e o que eu faria depois. Meu único desejo era aprender inglês e viajar pela Europa já que daqui é bem mais viável. Só que agora, mais confiante e com conhecimento adquirido até agora eu quero ficar mais. Há motivos para que eu fique. A vida aqui é complicada as vezes mais é a vida que eu quero agora. 

Não sei do futuro, existe "n" caminhos que posso trilhar. Mais eu quero o novo. Eu quero as surpresas que a vida está me fazendo. Quero voltar para meu Brasil de visita, e viver a alegria de ter conquistado meu lugar. Quero o amor, a alegria, a luz, a vitória, o sorriso, as maravilhas deste mundo. Eu quero tudo que eu tenho direito. 

E se for pra desistir de algo que não me faz bem, que seja. Não será a primeira vez. E sei, que logo em seguida o melhor chega. E assim vai...

Irlanda! Minha nova casa. 

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

KILMAINHAM GAOL



Estou um pouco atrasada mais quero deixar registrado minha primeira visita a uma cadeia, que apesar de muitos acharem o clima pesado e tals, eu achei muito interessante não só por mim mais para a Irlanda. Percebi isso na visita, quando o guia começa a falar a história do local (o que eu não entendi quase nada porque ele falava muito rápido e entusiasmado). 

NCBA E SUA BAGUNÇA


Eu falei da NCBA aqui uma vez e agora depois de 4 meses de aula vou tornar a falar mais sem muito sentido afinal há boatos de que ela vai fechar no fim do ano e se tornar apenas MEC porque não tem ACELS.
Enfim, como é do mesmo dono, deve ser a mesma "merda", porque vejo o pessoal reclamando e por isso vou desabafar aqui.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

ACABOU O QUE EU AMO: SOL


Sim...
Os últimos raios de sol que realmente esquentavam se foram... :(
O outono chegou (até então o realmente outono, folhas caídas nas calçadas nos seus tons amareladas), mais com uma pitada de inverno. Terça-feira foi o dia mais frio desde que cheguei. A temperatura desceu para os 6 graus e para minha felicidade agora estou estudando de manhã. 
Haja blusa e acessórios para me esquentar. Eu sinceramente tenho muito frio. Estou no país errado.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

MEETUP - Bora' treinar o inglês




What's this Diana???

É um site de encontros de diversos tipos: comida, yoga, corrrida, gays, girls, boys, esportes, etc... E o que acho mais interessante: INGLÊS. E ontem eu fui em um. Gostei muito porque vai várias pessoas de outras nacionalidades para bater um papo habitual, sentado em um pub, bebendo uma cerveja e treinando seu inglês. 
Sinceramente fui bem na cara de pau porque meu inglês não é lá essas coisas, mas para tudo precisa de um começo não é? Falei um pouco, ouvi bastante e acabou sendo uma noite aproveitável. 

Tem outro também que é Language Exchange que seria uma troca de linguagem: eu ensino português e você me ensina inglês. O que seria divertido também.

Alguns são free outros não. No caso do que eu fui é free e somente inglês. 

Deixo o site: Meetup para quem quiser ir . Recomendo porque afinal, você não veio para outro país pra ficar só na sala de aula, certo?


quarta-feira, 10 de setembro de 2014

EMPREGO NA IRLANDA


Olá Pessoal!
Sei que não tenho escrito muito aqui, mais não é por falta de atenção, apenas estudando muito para arranjar esse tal de emprego ai.
Pois bem.
Eu já mandei muitos currículos para empresas com trabalho de cleaner, já passei madrugada em fila para ser uma das primeiras pessoas a entregar currículo, e agora estou mandando meu perfil para trabalhar de aupair. Dia 6 completou três meses aqui e com o pouco de inglês que tenho já me vejo com potencial de pelo menos ser entrevistada e saber falar um pouco e entender.
Mais isso não é tudo para se conseguir emprego. Porque?

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

INGLÊS - A GENTE VÊ POR AQUI

É eu quis ser engraçada...


Sim é claro que vê. Mais na verdade hoje eu quero falar de como estudar inglês para quem é beginner (iniciante) e de como esses sites me ajudaram e me ajudam a compreender mais a língua.
Em primeiro lugar, digo que não adianta querer estudar se não gosta, ou gostar e não estudar. É tudo uma combinação. Eu cheguei aqui com o básico dos básicos e hoje, prestes a completar três meses, consigo entender o contexto de uma conversa e não fico totalmente perdida quando vejo um filme. 

Em primeiro lugar é aquela regrinha básica: ESTUDAR - OUVIR - PRATICAR
Esse é um conjunto inseparável.

Em segundo é saber como você aprende melhor. No meu caso eu só aprendo escrevendo. Eu preciso saber como a palavra é escrita para poder falar. Sei lá porque. rs

Em terceiro, separar horas do seu dia para estudar. Se tem interesse corre atrás. Faz um conjunto mais também não force o seu cérebro. Faça o homework da escola, almoça, assiste um filme, estude coisas novas, não só o que o professor passa e cante. Cante bastante em inglês. Parece que não mais você aprende muito com música e é uma forma de aprender descontraidamente. Aproveitando, vamos aos sites:

1 - LYRICS TRAINING


Como eu disse, você aprende cantando sim. Esse site é ótimo porque você precisa ouvir a música e ela para em alguma palavra para você completar. 

2 - ESLYES

Site com histórias fáceis para ouvir. Quando eu comecei a estudar eu traduzia ele e tentava passar para o inglês depois eu voltava ao site e comparava para ver os erros e acertos. 

3 - VIDEO AULA - QUESTÕES

Esse eu via antes de vir para a Irlanda. São várias perguntas de dia a dia que é impossível você não aprender enquanto vive aqui. 
Obs: o vídeo é de inglês americano. 

4 - ENGVID

Site com matérias gramaticais.Esse é totalmente em inglês, mais é bom para quem está começando porque treina os ouvidos e os professores escrevem na lousa. Assista depois de um mês de estudo que vai dar pra entender bastante. 

5 - INFO ESCOLA

Eeee Diana, finalmente um site brasileiro. Sim. Sei como é complicado ter que ficar traduzindo tudo por não entender nada. Tiro muita duvida com esse site e com outros que explicam em português. Esse explica muito sobre verbos, pronomes, adjetivos e etc.

6 - ABA ENGLISH

Esse tem sido meu site favorito esses dias. Descobri quando fui procurar um site de teste de nível. Para ter acesso a ele é preciso criar uma conta, você faz um teste e começa as videos aulas. O primeiro capitulo você tem acesso a várias formas de aprender sobre a matéria como na figura acima. Os outros capítulos é liberado a cada dia, mas apenas o vídeo. 


Bom, esses são os sites que me auxiliam no aprendizado. Tirando isso ainda tenho um livro de gramática e as aulas. 

Good Lucky!
Good study!

IRLANDESAS VS BRASILEIRAS



 Esses dias eu estava assistindo "O mundo segundo os brasileiros" e me deu vontade de escrever sobre os irlandeses, já que vivo aqui e posso falar o que vejo.
Pois bem, vou colocar em itens para ficar bacana, porém só vou dizer sobre elas. No próximo post falo sobre irlandeses em  geral:

1 - CABELO

Enquanto nós, brasileiras fazemos de tudo para alisar o cabelo, ou mesmo aquelas que adoram seu cachos, andamos pela ruas ou festas com eles livres, leves e soltos, as irlandesas adoram fazer um coque gigantescos em cima da cabeça. É CLARO que nem todas. Mais a maioria que vejo não tem tanto zelo e preocupação como nós temos. Vi muitos cabelos despenteados, armados, jogados ou amarrados de qualquer jeito. Em algumas exceções dão até um charme. *_* 
E confesso, eu já fiz o coque. 

2 - UNHAS E MAQUIAGEM

Confesso que não olho muito. Mais das minhas professoras
por exemplo nunca vi pintada. No máximo uma cor clarinha. Agora nos pubs da vida elas adoram uma unha postiça com adesivos e etc.
Falando em maquiagem, my god! São exageradas, principalmente a noite. Por serem a maioria brancas fica muito a mostra e quanto você chega perto percebe o quanto seu rosto está carregado. Eu particularmente acho algumas coisas desnecessárias como por exemplo aquelas que fazem bronzeamento artificial. Elas ficam laranja. Mais não é geral. Algumas tem um senso e pegam leve.

Quase meia bunda
3 - ROUPAS

Item importantíssimo e lindo. Eu gosto dos estilos de algumas. Porque no simples acaba ficando elegante. O que você sempre vai ver é saia e short de cintura alta (faça sol ou faça chuva), meia calças e calças coloridas, jaquetas de couro e muitos vestidos *_*
Eu gosto dos estilos das pessoas. Mesmo aquelas que extravasam no look. Essa diversidade deixa as ruas interessantes (as vezes engraçada).



4 - CALÇADOS

No dia a dia é bem difícil não ver alguém de all star. Isso porque na Pennys você compra por 10 euros e tem de várias cores. Descartável mais dá um estilo sabendo usar com uma roupa legal. Aqui não é como no Brasil, epidemia de moleca. Mais tem muita sapatilha "estranha". A noite é que os modelos de salto alto aparecem. O engraçado que quanto mais alto é, mais desengonçadas elas andam. Mais não importa porque elas gostam, estão felizes e sorridentes. 

5 - ACESSÓRIOS

Lenços, brincos de todas as formas, relógio, pulseira.... É igual ao Brasil. Algumas são exageradas e outras sabem combinar. 

Charme - ponte do Rio Liffey
UM FATO!

Aqui tem fama de ter bastante ruivo. Eu mesma já falei sobre eles aqui. Porém há uma grande maioria de loiros. Então não dá pra generalizar. 


Agora na sinceridade... Não é porque sou brasileira. Mais nós ganhamos em beleza de rosto e corpo. 



Kiss on the shoulder
(Beijo no ombro)

terça-feira, 19 de agosto de 2014

MUSEU DE ARQUEOLOGIA EM DUBLIN


Eu sei que nem todo mundo se anima com museus... Para falar a verdade nem eu sou muito fã. Mais aqui na Irlanda, com tantas histórias de revoluções, lutas e conquistas não tem como não ter um lugar onde possamos visualizar com mais intensidade e brilho a narrativa do lugar. É bem melhor ver do que apenas ler "sobre" na internet. 
No Museu Nacional de Arqueologia podemos ver a história através de mais de 2 milhões de objetos encontrados nas exposições abaixo:

- Exposição Vida e Morte no Mundo Romano;
Esse eu amei. Sério! Imagina você visitar corpos de supostos assassinos que datam mais de 3 mil anos?
E ainda conservados nesta forma? E um detalhe importante: não tem nenhuma técnica de mumificação segunda minhas pesquisas... A explicação plausível é que graças a um tipo de solo raro chamado BOG encontrado em solos norte europeu é capaz de preservar qualquer tipo de material orgânico por muitos anos, neste caso, milhares.







- Exposição Egito Antigo;




-Exposição Irlanda Viking;
Ficar cara a cara com objetos de pessoas que existiram... Quem nunca sentiu um arrepio...







- Exposição irlanda Pré-histórica.




- Exemplos de objetos da Era do ferro Celta.
- Coleção medieval de objetos e joias eclesiásticas.






Onde: Kildare Street, D2
Horários: Terça a sábado : 10h as 17h
               Domingo: 14h as 17h
Fechado em feriados e 25 de dezembro.
Gratuito e permite fotos. 

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

CASTELO DE MALAHIDE E SEU ENCANTO



O edifício foi ampliado durante o reino de Eduardo IV, e as torres foram adicionadas em 1765.


Ah eu fui logo no primeiro mês que eu cheguei.
É demorei de postar :( Sorry.

Castelos! Eu sempre quis entrar em um de verdade. E melhor, sempre quis conhecer a história.
Quem gosta, vai entender o quanto é mágico saber que a anos atrás existiam aqueles príncipes e princesas que vemos nos filmes históricos.

Ok. Ok. Comecei melando tudo.
Vamos falar do Castelo de Malahide.

DECLARANDO EUROS EM ESPÉCIE

Hello guys!



Esse é um post rápido para tirar a dúvidas de algumas pessoas que estão pensando em vir com dinheiro em espécie para fugir do IOF. :P

Bom, seguinte:
Eu fiz isso, não é nem um bicho de sete cabeças. Só deve ser guardado em sigilo porque você não vai querer ser roubado né? 

Primeiramente, depois de adquirido seus 3 mil euros e outra quantia a mais (primeiro mês gasta bastante, vale refrisar), você entra no site da Receita Federal e declara esse valor.

Passo a passo:

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL - DUBLIN

Entrada do Museu

Eu nunca fui nos museus de Sampa e nem sei onde fica. O.o Sei que não sou a única vai...
Esse foi um dos museus que eu mais gostei (acho que porque tem animais, só acho) e nesse post eu vou falar só dele depois falo dos outros dois que eu fui. 

Aqui na Irlanda ou mesmo Europa em geral eles adoram e privilegiam os museus, a arte e a história, por isso resolvi ir nesses tals lugares. Até porque depois de um certo tempo aqui, você se sente no dever de conhecer. 

quarta-feira, 30 de julho de 2014

TIRANDO DOCUMENTOS NA IRLANDA - PPS/STUDENTCARD/GNIB

Olá galera. Estou quase completando 2 meses e hoje tirei finalmente o último documento para continuar aqui: GNIB. Não que demore tudo isso, mais expliquei no post anterior sobre a minha saga com o Banco da Irlanda. Ok! Vamos para os documentos.



Vale a pena lembrar que alunos internacionais devidamente matriculados em um curso de inglês matutino, com duração mínima de 25 semanas e carga horária semanal mínima de 15 horas tem acesso ao trabalho legal na Irlanda, aqui conhecido como casual employment. Isto quer dizer que você pode trabalhar até 20 horas por semana durante o período de aulas e até 40 horas por semana durante o período de férias.


sexta-feira, 25 de julho de 2014

INTERCÂMBIO É COISA SÉRIA


Hoje eu queria falar um pouco sobre esse assunto porque para muitos que estão vindo, ou que estão acompanhando pessoas que estão aqui como eu, não sabem perfeitamente o que se passa. E acho que na grande maioria intercambistas viveram ou passaram pelo que estou passando.

Calma gente! Não estou tendo um surto psicológico não... ou quase... rsrs

terça-feira, 22 de julho de 2014

ABRINDO UMA CONTA NA IRLANDA

Eu nunca achei que seria tão demorado abrir uma conta no banco aqui. :P
Deixo uma dica:
Não abram no Bank of Ireland...
E se forem só porque a escola tem vínculo com ela se preparem, serão semanas...




Primeiramente você tem que agendar dia para ser atendido. Já virão isso? Eu fui numa terça-feira e só tinha data para a próxima terça...
Ok.
Lá fui eu com o passaporte e carta da escola. Eles pedem para que você preencha um formulário e volte na semana seguinte para pegar o número da conta. 
Fuck! Para quê pegar o número da conta. Bom eu não fui. E por isso meu cartão e minha senha não chegaram em casa. haha
Lá fui eu novamente, peguei o numero da conta e enfim chegou a senha na segunda e cartão na quarta. Beleza! 
Voltei no banco novamente na quinta e fui depositar os benditos 3 mil euros. E adivinha? Tinha que voltar ao banco para pedir o extrato. Voltei na segunda, dessa vez sozinha, e agora estou esperando o extrato para tirar o GNIB finalmente. O que tenho que fazer até dia 4 de agosto. 

Deu para entender porque não aconselho abrir conta nesse banco não é?
Fiquei sabendo por uma colega de sala que ela fez isso tudo no mesmo dia em um banco X, no qual não me lembro agora. E agora ela já está com todos documentos em dia. 

Bom, procurem saber algum não arcaico como esse ou fiquem espertos com os passos a dar. No mínimo um mês...

See you next.


segunda-feira, 14 de julho de 2014

ESCOLA NCBA


Hi guys!
Hoje eu venho falar da escola na qual eu estudo a quatro semanas.
Em primeiro lugar, nessa ou em qualquer escola de inglês aqui na Irlanda começa pelo teste de nível. Eu não sabia que tinha que marcar a prova pelo site então comecei duas semanas atrasada. 
Fica a dica. Procure saber sobre isso se sua escola for outra.
Documentos para PPS, GNIB, conta no banco e cartão de estudante solicita-se tudo pelo site também.
http://www.ncba.ie/requestform

Eu fiz isso e esperei chegar em casa. A carta da conta no banco chegou na terça e o restante demorou então fui pegar na secretária.
Ponto negativo: Deveria chegar todas em casa. Eu teria agilizado tudo rapidamente. Como não sabia, lá se foi uma semana. 

Fiz o teste na segunda-feira e o resultado saiu na sexta-feira. 
O teste foi em D8, uma boa caminhada. :P

Sobre as aulas:
Pontos negativos: Mudei de professor de gramática toda semana. Acho negativo porque fica difícil entender mudando de formas de aprendizado toda hora. Cada um tem uma forma de ensinar e o pessoal acaba se identificando com um. Outra coisa é sala cheia. Mais de um mês que estou lá aconteceu isso duas vezes. O pessoal chegou a fazer abaixo assinado para reclamar disso e acho que funcionou. Não tem passado de 15 alunos.

Pontos positivos: Localidade é boa. Fica a 20 minutos de casa. Nosso primeiro professor, o David ele é bem divertido e paciente. Eu aprendo muito com ele porque não preciso ficar direto no tradutor, pois ele chega até desenhar. Apesar da mudança de professor da segunda aula, pegamos dois muito bons, a Charlotte que exercitava nossa fala em perguntas, ajudando assim nossa pronuncia e o John, que usava suas aulas com exercícios de gramática seguindo uma ordem. 

Meu inglês hoje:
É claro que não está como estava quando cheguei. Tenho uma compreensão maior. Mais as aulas nunca, eu digo NUNCA poderá ficar só na sala de aula. É uma base. Usar o que aprende falando com as pessoas e estudando em casa é um conjunto fantástico para aprender e falar inglês.

Eu reclamo muito, porque ainda sou muito insegura para sair falando. Esqueço palavras e a forma de escrever a frase. Mais é apenas um começo. O importante é tentar e ter vontade de estudar, o que é outra coisa. haha. Mais quem quer vai atrás.

Qualquer dúvida é só comentar. 

See you!